Não existem duas crianças iguais, na verdade nenhum de nós é, não é mesmo? Mas, elas são mais do que especiais. Todas elas têm uma identidade. Fazê-las vivenciar uma prática desportiva permite com que sejam desafiadas. O mundo está cada dia mais exigente com a formação e com as habilidades que cada uma pode transmitir. Algumas nem sabem que possuem certas habilidades e acabam descobrindo quando praticam uma modalidade esportiva. Não falo apenas de habilidades motoras e sim de habilidades que permitam com que o ser humano possa ser melhor.

O meio molda o indivíduo. Quanto mais e melhor ele é estimulado maior é a chance dele se destacar e também de ajudar a fazer com que seu meio se torne melhor.

Crianças estão abertas a novos estímulos a todo o momento. Podem se sentir um pouco envergonhadas no início, com pouca fala e pouca interação, mas logo se sentem à vontade e se permitem vivenciar.

Mas, como podemos tirar o máximo do potencial e desenvolver habilidades que torne-as melhores para o mundo fazendo-as praticar uma modalidade esportiva como o tênis, por exemplo?

É só entender como uma criança pensa e fazer com que interaja com o meio que vive. As crianças precisam aprender a liderar para ficarem mais confiantes e produzirem mais de forma positiva.

Liderar não é mandar. Muitas pessoas não sabem o que é ser Líder de verdade. Ser Líder é saber lidar bem com as pessoas. Além da técnica e do conhecimento de ferramentas que te conduzirão nas tarefas diárias a ter um bom desempenho, lidar com pessoas é uma das principais qualidades que o mundo exigirá de nossos pequenos. 

Mas, como podemos usar o tênis para ajuda-las a liderar?

Veja algumas coisas que educadores físicos especializados em tênis podem trabalhar com eles:

Respeite as diferenças: As crianças devem aprender a se relacionar e a respeitas seus amigos. Devem entender suas formas diferentes de pensar e daquilo que gostam ou deixam de gostar. Chamamos isso de Inteligência interpessoal. O professor pode criar dinâmicas em duplas ou em grupos que possam treinar essas habilidades. 

Valorizar os pontos fortes dos amigos: Aprender a criar soluções em equipe e não sozinho. Ver as qualidades nos amigos e não os defeitos. Descobrir que todos têm pontos fortes e pontos a melhorar e que um trabalho em conjunto o tornará mais forte e preparado. Isso fortalece ainda mais o item anterior: Respeitar as diferenças é a chave.

Controle suas emoções: Num mundo onde as cobranças são cada vez maiores e nos deixa ainda mais ansiosos, o autoconhecimento e aprender a controlar os níveis de estresse é fundamental. Um jogo de tênis não é realizado por tempo. As crianças têm que entender que mesmo perdendo durante uma partida não significa garantia de derrota. Existe a chance da virada até o último ponto. Manter-se controlado e focar na vitória é o segredo. Mas, mesmo durante os treinos vemos alunos que perdem totalmente o controle porque erram ou perdem um ponto. O treinador/professor além de ensinar a parte técnica deve possuir o feeling para promover esse controle. O equilíbrio é a chave da vitória. O aluno deve treinar a sua inteligência intrapessoal. 

Isso tudo parece tão fácil, né? Mas, tudo que gera resultados leva um pouco de tempo. Aulas de tênis não são simplesmente aulas onde o aluno bate bola, aprende e reforça padrões técnicos de movimento. As aulas de tênis são feitas por pessoas. As pessoas se interagem. O aprendizado é mútuo. Alunos e professor aprendem juntos. A troca de experiências é muito rica.

As palavras que se usa, o tom de voz, a empatia, o comportamento, o respeito pelos outros, a administração de conflitos… tudo isso causa um impacto que faz com que alguém acredite ou não em você. Um líder é uma pessoa que influência as outras baseado em seus pensamentos e comportamentos e com isso atingem seus objetivos além de ajudarem a fazer o mundo um lugar melhor para se viver e conviver.

Devemos praticar isso em casa, na escola, na vida pessoal e profissional e também na prática desportiva. O mundo agradece.

Armando Lima e Silva Corujeira Jr. É educador físico e trabalha a mais de 25 anos como professor de tênis especialmente com crianças de 5 a 9 anos. Atualmente trabalha com diversas faixas etárias chegando até a treinar adolescentes. Pós-graduado em Fisiologia do Exercício Clínico e graduando em Administração e Marketing Desportivo também é Personal e Professional Coaching em formação pela SBCoaching. Apaixonado por pessoas, tênis e por corrida de rua (no qual é praticante amador), ama tecnologia e também trabalha na área.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor preencha seu nome