Clube A.A. Industrial investe na modalidade com três quadras e abre espaço para visitantes

Falar do ABC normalmente é se dirigir às três cidades da sigla, mas às vezes os outros municípios da região são esquecidos, sobretudo no esporte. Em Mauá, a Associação Atlética Industrial é um clube com mais de 30 anos de história e que reserva boa parte de suas operações para o tênis. Há também outras modalidades e um grande aparato para o lazer.

“Com o apoio irrestrito do presidente Carlos Eduardo Gomes, o clube vem se modernizando a cada dia na busca de trazer um local de diversão não só para o tenista, mas sim a todo associado”, comentou o diretor de tênis, Piterson Gomes.

O dirigente conta na equipe com o professor Renato Rael, que há quatro anos leciona e ajuda na capitação de novos jogadores, sendo que hoje atende 50 alunos. “Temos o intuito de trazer mais o associado para a prática do esporte que cresce cada vez mais em nosso clube e país. Dentro disso, procuramos interagir não só com nossos associados, mas também com os jogadores de outros clubes, organizando alguns torneios de tênis durante o ano”, contou.

Associação Atlética IndustrialPara atender aulas e jogos comuns, três quadras fazem parte do corpo da agremição. A terceira quadra foi entregue no início de 2016, com o piso asfáltico, enquanto as outras duas utilizam o solo “fast” (rápida). “O clube tem o intuito de aumentar os praticantes do esporte para que possa reformar as quadras mais antigas, o que já vem sendo discutido há algum tempo.”

Como em qualquer clube, a manutenção dos espaços não é nada fácil. Cerca de 100 jogadores frequentam o local e para manter a estrutura com qualidade os campeonatos realizados convidam tenistas de fora e são importantes para fechar as contas.

Associação Atlética Industrial“A maioria pratica por lazer, porém, em épocas de torneio organizado pelo clube, metade desses atletas se engajam em seus treinos em busca de ser campeão. Temos por volta de 20 tenistas que disputam a Liga ABC e treinam de uma forma mais específica em busca de conquistas”, revelou Piterson.

A Associação Atlética permite que o jogador possa frequentar todos os dias as quadras, das 7h às 22h, ou seja, o amante do tênis praticamente tem a semana inteira à disposição para praticar seu esporte favorito. “Há diversos funcionários diretamente envolvidos, mas o nosso professor é que coordena o espaço decidindo com a diretoria os caminhos a serem traçados”, explicou.

Sabendo de todas as dificuldades de se manter um clube em uma modalidade que evolui, mas que rivaliza como todas as outras com o futebol, a agremiação mauaense continua firme em busca de mais adeptos. “O tênis nos últimos anos vem tendo um grande crescimento no clube, sendo que a nova diretoria busca uma reformulação na modalidade para atrair não só os antigos amigos do tênis, mas sim novos atletas que possam fazer parte dessa família”, destacou Gomes.

O presidente, Carlos Eduardo Gomes, aproveitou para agradecer a dedicação de toda a diretoria, sempre atenta a todas as necessidades e em constante busca pela melhoria dos trabalhos. Além disso, deixou um convite para os amantes do tênis na região. “Em nome da diretoria da A.A.I. convido o morador da cidade de Mauá e da região do ABC, bem como todos os envolvidos em projetos sociais, que venham somar-se à família industrialiana.”

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor preencha seu nome