Rafael Nadal está cada vez mais perto de retornar ao posto de número 1 do mundo. Espanhol de 33 anos, ele somou pontos ao se sagrar campeão do US Open e se aproximou do sérvio Novak Djokovic, atual líder do ranking da ATP.

Semifinalista em 2018, Nadal somou 1280 novos pontos com o título em Nova York. Enquanto isso, Djokovic caiu nas oitavas de final e perdeu 1820. Assim, a diferença entre os dois caiu e agora é de apenas 640 pontos, com 9865 para Nole e 9225 para Rafa.

Vice-campeão na batalha de mais de 4h, o russo Daniil Medvedev tem motivos de sobrar para comemorar. A campanha o fez subir para a quarta colocação na lista, ultrapassando assim o austríaco Dominic Thiem e ficando atrás apenas de Djokovic, Nadal e o suíço Roger Federer.

O top 10 teve apenas mais uma mudança, com a troca de posições entre o grego Stefanos Tsitsipas e o japonês Kei Nishikori, respectivamente 7 e 8 do mundo. Semifinalistas do torneio, o italiano Matteo Berrettini e o búlgaro Grigor Dimitrov também tiveram bons resultados. Matteo subiu doze postos e é o 13º, enquanto Grigor saltou 53 lugares e é o 25.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor preencha seu nome