Relato é de torcedores do ABC que compraram ingresso para acompanhar a primeira semana de jogos em Nova York

A segurança é uma das prioridades no US Open, último Grand Slam da temporada. Conforme o torcedor Erico Coelho testemunhou nesta quarta-feira (29), sequer mochilas são liberadas nas entradas do portão sul. É permitido carregar apenas uma mala pequena por pessoa.

“A bagagem passa por raio X como nos aeroportos e as bolsas pequenas são abertas e revistadas, igual acontece na Disney. Vi policiais com armas pesadas”, contou Coelho, que mora em Santo André.

A proibição se estende a coolers, pacotes selados e não identificados, qualquer tipo de aerossol, álcool, câmeras de filmagem, computadores, animais, bandeiras ou pôsteres, raquetes de tênis ou outro item que a segurança considerar como inapropriado.

“Tem uma segurança muito forte na entrada, policiais com metralhadoras, como se fosse um esquema de guerra. Porém, a partir do momento que entra no complexo, você não vê a segurança. O que chama a atenção é a quantidade enorme de funcionários, que fazem com que tudo funcione muito bem”, acrescentou Edney Tauhyl, outro torcedor do ABC que acompanha o torneio.

Cordialidade

A despeito da preocupação com a segurança, Erico Coelho enfatiza a atenção dos funcionários com o público. “Há pessoas entregando protetores solares. Se você parar para tirar uma foto, logo aparece alguém do US Open se oferecendo para fazer o clique”, revelou.

Leia também:  Minha experiência em Miami

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor preencha seu nome