Uma boa hidratação e a proteção contra o forte calor podem ajudar durante os jogos de tênis

Jogar uma partida de tênis com os amigos, ou ainda em um campeonato, é quase uma obrigação para qualquer amante da modalidade durante todo o ano, faça chuva ou faça sol. Cada estação merece a devida atenção, mas sem dúvida o verão traz condições especiais. As altas temperaturas, aliadas ao sol forte, podem provocar problemas para os tenistas, caso da desidratação.

Hidratação
Foto: Stockyimages

“O tênis é um esporte que reúne uma série de fatores que podem levar à desidratação e suas consequências (aumento da temperatura corporal e da frequência cardíaca, queda no desempenho, cãibras). A exposição ao sol, os horários quentes, a longa duração dos jogos e a alta intensidade do esporte são uma combinação que desafia o mecanismo de regulação térmica”, enumera Paulo Palhares, farmacêutico, mestre em administração e marketing e diretor da Farmácia Renova de Santo André.

O suor, tão comum nesta estação mesmo em atividade física moderada, é o sinal de que o corpo está perdendo água e eletrólitos, que nem sempre são compensados apenas com a ingestão de líquidos. “Tenistas podem suar até três litros por hora, fazendo com que o volume de líquido a ser reposto seja muito grande se considerarmos os pequenos intervalos do esporte.”

Há algumas dicas básicas para uma boa hidratação. É importante tomar água nas 24 horas que antecedem ao exercício e consumir 500 ml, seja de água ou isotônico, restando duas horas para a prática. Durante a atividade, se possível a cada 20 minutos, recomenda-se ingerir água ou isotônico, e já após o jogo, ou treino, hidratar com alguma bebida isotônica, fazendo uma refeição rica em carboidratos. Vale ainda lembrar que a desidratação não só interfere no estado físico do atleta, mas também no mental, que pode passar a ficar mais vagaroso, trazendo alguns perigos. Em qualquer sinal de visão turva ou tontura, o jogador deve parar imediatamente.

O tenista precisa ter consciência do tipo de piso em que irá atuar, seu estilo de jogo e sobretudo seu atual estado de saúde, para não exigir do corpo mais do que o necessário. Outro detalhe interessante é o tipo de roupa a ser usado. A vestimenta ideal para os tenistas deve ser leve e ventilada para o calor ser melhor dissipado. O vestuário folgado propicia a circulação do ar entre a pele e o meio ambiente, gerando a evaporação. “Quando a umidade é baixa no calor, recomenda-se tecido tipo nylon, sendo de boa evaporação. O uso do boné é contra indicado, sendo o ideal a viseira para dissiparmos melhor o calor pela cabeça”, detalhou.

Se a reposição de água é importante, e o que vestir também, não se pode se esquecer da alimentação. “Para não faltar energia durante os jogos devemos dar atenção aos carboidratos, principais responsáveis pelo fornecimento de energia ao organismo para realização das atividades diárias e dos exercícios físicos também.” Estes são divididos em simples (açúcar, frutas, leite, mel), complexos (pão, aveia, massas, arroz) e vegetais (batata, milho, mandioca).

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor deixe seu comentário!
Por favor preencha seu nome